COMUNICAÇÃO

IntraNet, ExtraNet e InterNet: o que é?, o quê é?

A sopa de letras costuma confundir quem não é do ramo da tecnologia. IntraNet, ExtraNet, InterNet… afinal, qual a diferença entre esses conceitos? Neste artigo, você vai entender como cada um dos termos se relaciona – e vai descobrir que, na verdade, é tudo muito mais simples do que os nomes sugerem.

Desvendando os conceitos de IntraNet, ExtraNet e InterNet
A melhor forma de entender os conceitos é analisá-los de forma individual, seguindo a lógica que os relaciona:

InterNet
Essa é a parte mais fácil. Trata-se da rede mundial de computadores, e é por meio dela que você chegou a este artigo. A InterNet pode ser definida como um conglomerado de redes locais espalhadas pelo mundo, com computadores que se ligam a elas utilizando um protocolo específico.

IntraNet, ExtraNet e InterNet
Entender os conceitos que diferem as redes de computadores é essencial no ramo empresarial. 
“Computadores com acesso à InterNet podem acessar páginas da Web, enviar e receber e-mails e compartilhar arquivos e outras informações com qualquer outro computador ao redor do mundo”, resume Jan Axelson, especialista no tema e autor de sete livros sobre tecnologia, entre eles Embedded Ethernet and InterNet Complete: Designing and Programming Small Devices for Networking.

Considerada um dos maiores avanços tecnológicos da humanidade, a InterNet diminui a distância entre as pessoas e torna possível situações inimagináveis há duas décadas. Em outras palavras, “estamos todos conectados à InterNet, como neurônios em um cérebro gigante”, como diz a citação famosa do físico inglês Stephen Hawking.

De acordo com dados da eMarketer, empresa especializada em pesquisas globais sobre o universo digital, a expectativa é de que metade da população mundial tenha acesso à internet a partir de 2018. Ao fim de 2014, havia, segundo dados apurados pela empresa, 2,89 bilhões de pessoas conectadas.

IntraNet
Axelson explica que a IntraNet também é uma rede de computadores, mas, enquanto a InterNet é aberta a qualquer pessoa com o protocolo necessário, a IntraNet é um espaço destinado a determinado público, para compartilhamento de informações restritas.

Nesse caso, a rede conecta alguns computadores entre si, utilizando servidores locais, sem acesso externo. Essa medida é utilizada para reduzir custos, agilizar a comunicação e garantir mais segurança à comunicação, já que é necessário um perfil e senha para acessar a rede.

ExtraNet
A ExtraNet tem a mesma função da IntraNet, mas pode ser acessada externamente, via InterNet. Confuso? Vamos explicar melhor: a ExtraNet continua sendo uma rede fechada e restrita a um determinado grupo de pessoas, mas pode ser acessada de qualquer lugar do mundo, desde que o usuário cadastrado possua conexão com a InterNet. É AQUI QUE ESTÁ A NOSSA KiKoSNeTCom isso, é possível descentralizar e ampliar a base de conhecimento. A medida também facilita a interação entre as pessoas de um mesmo grupo que estão separadas entre si, utilizando a segurança oferecida pela IntraNet com da liberdade da InterNet. 

IntraNet, ExtraNet e InterNet na Empresa
A InterNet é base da comunicação nos dias atuais. Por meio dela, é possível transmitir qualquer tipo de arquivo com pessoas de diferentes regiões, de maneira quase instantânea.

A IntraNet, por sua vez, permite que a sua empresa crie uma rede própria para compartilhamento interno e seguro, o que também tende a poupar gastos. Você restringe o acesso e pode utilizar outros protocolos para a comunicação.

Finalmente, a ExtraNet é recomendada para quem deseja ampliar o relacionamento com clientes ou possui uma base de funcionários descentralizada (É AQUI QUE ESTÁ A NOSSA KiKoSNeT), com pessoas que atuam em diferentes regiões e precisam interagir diariamente entre si.

Gostou da matéria? Se as dicas foram úteis, não esqueça de compartilhar o artigo com seus seguidores nas redes sociais. Caso haja alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe seu comentário e contribua com a troca de ideias.